O amor é

Postado dia 02/09/2019 na categoria Outros, Textos - Por

Uma pessoa que ama você, ama e ponto final.
Ou é amor ou não é. O amor não tem poréns. O amor não tem dúvidas. O amor não tem questões.
O amor não impõe tempo, condições, regras ou espera.
O amor é puro, simples, fácil e possível.
Nós é quem o complicamos demais.

O amor não faz chantagens. O amor não faz ameaças. O amor não faz crueldades.
O amor não comete atos de desamor. Nem por um momento, nem por um segundo, nem por um motivo.
Ele é amor em cada palavra, em cada gesto, em cada atitude.
Se parecer não ser amor, mesmo que por um breve momento, é porque não é amor.

O amor não é egoísta, não é abusivo, não é humilhante.
O amor entra em nossas vidas sempre para somar. Nunca para subtrair.
Se diminuir, não é amor.

O amor não impõe, não exige, não limita.
O amor não fecha portas, não tranca janelas. Ele abre a casa inteira.
Se há vestígios de posse, não é amor.

O amor é liberdade. O amor é lealdade. O amor é a única verdade.
O amor não se camufla, não se esconde, não possui máscaras.
Ele é claro, limpo, direto e sincero.
O amor não divide espaço com a sujeira.
Se dividir, não é amor.

O amor não tira proveito, não pensa só nele, não tem segundas intenções.
O amor se alimenta de mais amor. E só.
O amor se basta.
Se enganar e iludir, não é amor.

O amor não te põe em zonas nebulosas, indefinidas ou duvidosas.
O amor não confunde. Ele é a resposta para todas as perguntas.
O amor sabe até quando ninguém mais sabe.
Se traz problemas, incertezas e angustias, não é amor

O amor não enlouquece, não obceca, não cega.
O amor é calmo, tranquilo, sereno e plácido.
O amor dança pela sala sem desarrumar o tapete.
Se bagunçar a vida, não é amor.

O amor é aquilo que acontece quando não importa mais o que aconteça.
Ele é o que colore os dias cinzas, o que dá trilha sonora a rotina, o que grava permanentemente os dias simples na memória.
Ele é o ponto mais sublime que podemos chegar.
Ele é a linha de vitória de toda batalha.
Ele é o que acontece quando conseguimos deixar para trás tudo o que a vida erroneamente ensinou enquanto ele não acontecia.
O amor é.
Ele simplesmente é.

GOSTOU DESTE POST? COMPARTILHE:
Marina Barbieri é escritora, blogueira e mãe.
Autora da obra “Fique com alguém que não tenha dúvidas”, escreve crônicas, poesia e ficção.
Atualmente trabalha em seu segundo livro com previsão de lançamento para o final de 2019.

Deixe seu comentário: